Fale Conosco
  • phone
    (51) 3751-0400
  • location_on

    Rua Júlio de Castilhos, nº 983, salas 3 e 4 Centro - Encantado - Rio Grande do Sul

Deixe sua Mensagem

Gestão de crise na Indústria: Como ser efetivo?

gestao-de-crise-na-industria-como-ser-efetivo - Gestão de crise na Indústria: Como ser efetivo?

Descubra como realizar uma gestão de crise eficiente para a sua indústria!

É Comum Pensarmos Em Momentos Complicados Apenas Quandos Eles Batem Em Nossa Porta, Porém, Manter Uma Gestão De Crise Eficiente Pode Ser a Chave Do Sucesso Do Seu Negócio

Já sentiu que algumas ações impensadas trouxeram enormes consequências ao seu negócio? 

Ou que, na maioria das vezes, é sempre pego de surpresa?

Independente de qual mercado e atuação. Ter um plano de gestão de crise eficiente é essencial para a continuidade das empresas. Em tempos de incertezas, ela pode vir a ser o maior escudo do seu negócio. 

Gestão de crise: por onde começar?

De nada adianta ter vários planos de contingenciamento se não há conhecimento sobre as condições vitais da empresa, então, antes de pensar em enfrentar diversos problemas na gestão de crise, é importante que você saiba exatamente quais problemas possui, para que, com isso, consiga se planejar para a ação.

Entenda sua atuação

Analise as possíveis complicações que a sua atividade possui naturalmente, por exemplo: mercados alimentícios possuem maior preocupação com transporte das cargas e possíveis complicações de contaminação, já companhias aéreas precisam estar atentas as complicações que simples condições de manutenção podem causar, e assim por diante. 

Não pense que a sua atuação está livre de complicações “naturais”, pois, toda atividade possui sua particularidade e, para driblar essas situações, é preciso ter uma equipe pronta para analisar todas as condições de risco. Assim, será muito mais fácil ter um projeto para a gestão de crise. 

Esteja inteirado sobre as condições externas 

Talvez, o maior exemplo da necessidade de estar atento às condições externas seja a recente chegada do Coronavírus e suas enormes mudanças no cotidiano da sociedade. As medidas de contenção de contágio geraram um enorme desafio a todas as companhias, que precisam mudar diversos pontos de atuação e procurar saídas para que continuem a existir.

Essa é uma situação atípica, mas serve para lembrar que a gestão de crise precisa estar pronta para lidar com problemas “previsíveis’, e com aqueles que afetam a economia nacional ou mesmo mundial, por isso, ter um plano de contenção de crise é estar preparado para pensar nos negócios em qualquer situação que o mercado estiver.

Gestão de crise: unifique a informação

Seja qual for a situação, é preciso que esteja pronto para analisar condições jurídicas rapidamente, pesar condições de contabilidade e gerenciar de modo global a comunicação da companhia.

 

Para que isso ocorra de maneira uniforme, é importante que seja parte da sua estratégia de negócios a organização e armazenamento descomplicado de todas as informações relevantes do negócio, para que possa entender a maneira como sua atividade anda e criar um plano de gestão de crise que consiga abarcar toda a funcionalidade do negócio.

Em tempos de recessão, é interessante criar um comitê de gestão de crise com participantes destes departamentos e outros que se mostrarem necessários, para que, assim, a empresa consiga chegar em acordos que abordem todas as diversas necessidades do negócio, porém, é imprescindível ter um departamento para gestão de crise que acompanhe o alinhamento da empresa para com o mercado e a sociedade, a fim de diminuir possíveis gargalos existentes. 

Gestão de crise: antecipe-se

A regra é simples, não espere o problema cair no seu colo! Ao manter uma análise recorrente do negócio e das situações externas, a predição de condições pode ficar mais fácil de ser realizada e, por consequência, melhorar sua visão sobre para onde e como o seu mercado de atuação anda. 

Ao antecipar suas ações, minimizar os problemas fica mais fácil e rápido, fazendo isso com conhecimento certeiro sobre suas ações, ainda evitará muitas dores de cabeça com preocupações sobre medidas tomadas pelo impulso de situações extremas. 

Para isso, mantenha sua comunicação alinhada, explique desde os gestados até os colaboradores mais distantes quais são as formas de atuação da sua empresa e os mantenha informados sobre quaisquer possíveis mudanças que venham a ocorrer na maneira de atuação da companhia, esse cuidado é primordial para manter a reputação em dia e a confiança dos próprios colaboradores. 

Ter respostas corretas e baseadas em dados precisos é a chave para que seu negócio consiga responder a momentos de crise sem que toda sua maneira de atuação seja bagunçada, claro que, algumas condições extremas podem causar desconfortos, mas conhecer sua companhia lhe dará a vantagem de avaliar suas condições com maior confiança e antever oportunidades de redirecionamento mesmo em momentos de crise. 

Manter a continuidade da sua companhia é sua melhor estratégia de negócio, não deixe o momento passar para fazer as adequações necessárias. 

Gostou do conteúdo? Deixe o seu comentário abaixo e compartilhe nas redes sociais! E, lembre-se: se precisar de ajuda, estamos aqui para sermos seus maiores aliados.

Fonte: Quero Montar Uma Empresa

Marcadores: